O que São Análises de Mídia Social e Por Que São Importantes?

Escrito por: Equipe CuboUP
Leitura: 6 min
Entenda mais sobre as análises de mídia social, confira um resumo sobre o que é análise de mídia social e como ela pode ajudar empresas com a presença nas redes sociais.
O que São Análises das Redes Sociais?
O que São Análises das Redes Sociais?

Tópicos do Conteúdo

Tempo de Leitura: 6 minutos
Avalie post

Entenda o que são as análises de mídia social: A mídia social está agora na linha de frente do marketing para muitas empresas.

Plataformas de mídia social como Facebook, Twitter e Instagram oferecem uma nova maneira de iniciar conversas entre consumidores e marcas, desde vendas até contatos de atendimento ao cliente.

As empresas estudam análises de mídia social para entender como as pessoas estão usando e interagindo com seu conteúdo de mídia social.

Neste conteúdo, discutimos por que as análises de mídia social são importantes e como as empresas podem usá-las para avaliar o impacto e o alcance de seu marketing.

Por que a análise de mídia social é importante?

A mídia social fornece uma maneira quase instantânea para os consumidores responsabilizarem as marcas.

Qual a Importância das Análises das Redes Sociais?
Qual a Importância das Análises das Redes Sociais?

A correspondência por e-mail ou telefonemas não podem mais limitar uma experiência negativa do cliente, e os usuários podem compartilhar rapidamente sua experiência com milhares de outras pessoas, incluindo aquelas que desejam se envolver com uma determinada marca.

Para uma empresa se envolver efetivamente com os consumidores usando essas plataformas, é importante saber como os consumidores interagem com as plataformas.

É para isso que servem as análises de mídia social; eles ajudam as empresas a avaliar a resposta às comunicações emitidas, derivar o sentimento do cliente e entender como os consumidores conversam com a marca.

A análise pode ajudar uma marca a ajustar e mudar a maneira como ela interage nas mídias sociais, com base em como os clientes reagem a determinadas coisas.

Isso pode ser particularmente importante para aumentar o engajamento, como o número de vezes que alguém compartilha ou gosta de uma postagem de mídia social.

Por exemplo, uma marca de calçados pode perceber que seu público se envolve muito mais com conteúdo de vídeo do que com fotos.

Isso pode gerar conteúdo futuro.

Se um vídeo leva cinco vezes mais tempo e dinheiro para ser preparado do que uma foto, mas recebe 20 vezes o número de compartilhamentos, ainda pode valer a pena.

Recursos de análise de mídia social

Existem várias ferramentas analíticas gratuitas e pagas que as empresas podem implantar para entender como e quando as pessoas se envolvem com a presença de uma marca na mídia social.

A ferramenta mais adequada depende do que a marca deseja alcançar.

Isso significa que uma empresa precisa de um objetivo claro antes de examinar análises de mídia social.

Para cumprir esses objetivos, existem várias facetas de análise de mídia social que podem ser extremamente úteis.

Recurso das Análises de Redes Sociais
Recurso das Análises de Redes Sociais

Análise de sentimentos

Isso avalia o tom e a intenção dos comentários sobre a marca, deixados em sua plataforma de mídia social.

Por exemplo, pode ser uma avaliação relacionada a uma postagem específica, como um novo vídeo promocional, que pode ajudar uma marca a entender como o público reagiu.

Também poderia ser uma visão mais geral do tom e da natureza dos comentários que marcam a marca no Twitter.

Geralmente, você pode dividir os sentimentos em positivo/neutro e negativo, dependendo das palavras-chave do post.

Algumas análises de sentimentos também levam em consideração quaisquer caracteres emoji em uma postagem.

Essa análise mais avançada é uma ferramenta útil, pois pode explicar o sentimento não escrito.

Por exemplo, um consumidor que se sente insatisfeito com uma entrega pode marcar uma marca em uma foto do item com problema.

Nas mídias sociais, eles podem não incluir uma legenda completa, simplesmente uma representação visual de raiva ou tristeza por meio de emoticons.

Este seria um exemplo claro de sentimento negativo em relação à marca, que pode não ser aparente se a análise se concentrar apenas nas palavras escritas usadas no post.

Segmentação de público

Essa é a capacidade de uma marca entender a demografia do público que se envolve com sua marca.

Isso pode incluir entender quais postagens atraem mais determinados dados demográficos e também de forma mais ampla para ver um detalhamento do tipo de público que a marca atrai em diferentes plataformas.

Isso pode se concentrar em idade, gênero e localização e, em algumas plataformas, também é visível uma divisão de ‘outros interesses’.

Por exemplo, uma marca de roupas pode identificar que uma postagem sobre uma nova linha de roupas esportivas repercutiu em pessoas que também “curtiram” páginas sobre futebol.

Esse processo depende, até certo ponto, das informações que as pessoas fornecem em suas próprias biografias de mídia social.

Por exemplo, as ferramentas de análise gratuitas em várias plataformas permitem que as marcas vejam a proporção de curtidas/compartilhamentos em uma postagem de cada faixa etária.

Isso é extremamente útil para uma marca, pois pode validar se ela está alcançando e se envolvendo com o público-alvo que esperava.

Essas análises são tão boas quanto os dados fornecidos pelos usuários, o que significa que a precisão depende de as pessoas inserirem corretamente sua data de nascimento ao se registrarem em uma conta.

Análise comportamental

Este é mais um mecanismo para definir os tipos de usuários de mídia social que estão se envolvendo com uma marca em suas plataformas de mídia social.

Você pode dividi-los em funções como:

  • Usuário : Alguém que já usa ativamente os produtos da marca.
  • Embaixador: Alguém leal à marca que a recomenda a outras pessoas, por exemplo, compartilhando conteúdo e escrevendo avaliações.
  • Cliente em potencial : Alguém que ainda não usou o produto da marca, mas que conhece a marca e consideraria comprar deles.
  • Detrator : Alguém que tem uma visão negativa da empresa. Pode haver muitas razões para isso, como uma experiência ruim de atendimento ao cliente, preconceito contra a marca ou um desacordo fundamental com os princípios ou comportamentos da marca.

Visualização de dados

Um dos atributos mais úteis de qualquer ferramenta de análise de mídia social é a capacidade de produzir uma representação visual e gráfica das tendências e comportamentos observados.

Pode ajudar um gerente de marca a compartilhar suas descobertas mais amplamente com colegas e idosos.

Pode ser a maneira mais simples de explicar dados quantitativos para públicos desconhecidos.

Isso pode ser particularmente útil para análises de tendências simples, como análise temporal de quando as postagens de mídia social obtêm mais interação.

Uma marca pode testar isso escalonando postagens semelhantes em diferentes dias da semana ou horas do dia.

Ao traçar o número de engajamentos em relação ao tempo, uma empresa pode identificar rapidamente as tendências de quando seu público está mais ativo nas mídias sociais e, portanto, mais propenso a se envolver.

Aplicações de analytics para mídias sociais

Uma vez que uma empresa entende como e quando os clientes se envolvem com a marca nas mídias sociais, isso pode moldar a maneira como eles usam essas plataformas, desde o tipo de conteúdo que criam até os momentos em que o compartilham.

Mas há considerações mais amplas sobre como as empresas podem interpretar e utilizar suas descobertas de análises para mídias sociais:

Usando análises para apoiar o desenvolvimento de produtos

Ao analisar um agregado de diferentes comentários de mídia social em diferentes plataformas, uma marca pode obter uma visão mais profunda dos pontos problemáticos de cada cliente.

Isso pode ajudar a mudar o design do produto, o material instrucional ou até mesmo levar ao desenvolvimento de novos produtos para satisfazer as necessidades dos clientes que de outra forma não seriam atendidas.

A longo prazo, isso pode economizar muito dinheiro para uma empresa, impedindo a compra ou fabricação de produtos que simplesmente não vendem.

Monitoramento de concorrentes

A análise mais aprofundada geralmente vem da página de uma empresa, mas também é possível analisar e interpretar dados sobre as páginas dos concorrentes.

Isso pode ajudar uma marca a entender o que está enfrentando e a modelar comportamentos de mídia social mais favoráveis.

Dada a prevalência das mídias sociais como ferramenta fundamental para a comunicação da marca, pode ser a plataforma que os concorrentes usam para anunciar novos produtos ou serviços.

A utilização de análises para mídias sociais pode ajudar uma empresa a interpretar o quanto as inovações de um concorrente são bem recebidas.

Isso é importante para ficar ciente do cenário da concorrência e dos potenciais disruptores do mercado.

Ajudando na eficiência organizacional

Durante as formas mais aprofundadas de análise de mídia social, as empresas podem avaliar a demanda do cliente, principalmente onde ela flutua ao longo do tempo.

Isso pode ajudar a ditar os níveis de fornecimento e permitir que uma empresa gerencie efetivamente seu estoque.

Este pode ser um exercício útil para melhorar a eficiência de custos de uma empresa.

Um exemplo pode incluir uma empresa que vende decorações de Natal, que a empresa anuncia fortemente em suas páginas de mídia social.

A análise de mídia social os ajudaria a entender em que época do ano as pessoas tendiam a começar a procurar por decorações e chegar às páginas da marca.

Isso pode ser atendido por um conteúdo de boas-vindas planejado e também seria um bom guia para a empresa sobre quando eles poderiam considerar aumentar a oferta ou contratar pessoal adicional para começar a lidar com compras e remessas.

Confira!

Gestão de Redes Sociais

Comece hoje mesmo!
Social Media CuboUP. Um sistema completo de gestão de redes sociais.

  1. Responda Mensagens
  2. Agende Postagens
  3. Interaja em Comentários e Reações
  4. Monitore seus Concorrentes
  5. Receba Relatórios Detalhados

Conteúdos de Gestão de Redes Sociais

A CuboUP oferece ferramentas e conteúdos completos para empreendedores. Aqui, você encontrará a informação que precisa para sua empresa crescer e dar um UP em suas vendas.

Além dos conteúdos gratuitos sobre gestão de redes sociais, empreendedorismo, marketing, gestão de pessoas e vendas, você encontrará também ferramentas práticas para você utilizar no dia a dia da sua empresa.

Confira as ferramentas e cursos da CuboUP. Nosso propósito é auxiliar o desenvolvimento do seu negócio!

Dicas para Vender nas Redes Sociais
Gestão de Redes Sociais

29 Dicas para Vender nas Redes Sociais

Tempo de Leitura: 10 minutos Usar as redes sociais para fazer vendas não é novidade, e você sabe muito bem a importância das redes sociais para seu negócio prosperar, porém, a dúvida que fica é quais estratégias utilizar para aumentar suas vendas através das redes sociais, confira dicas importantes para você alcançar o sucesso nas vendas!

Leia mais »